Rio das Ostras: Contação de histórias anima Biblioteca Municipal nesta quarta

Nesta quarta-feira, dia 31, a Biblioteca Pública de Rio das Ostras volta a abrir suas portas para mais uma contação de histórias que deve agradar todo o público, em especial, às crianças. A atividade, que vai levar o nome de “Árvore Crianceira Dá Frutos a Vida Inteira”, está prevista para o período da tarde, começando às 14h30, com a contadora de histórias e mediadora de leitura Júlia Soares, que, por longos anos, embarcou em navios, mas hoje navega apenas nos mares das histórias que ouve, lê ou conta. De tanto mergulhar nessas águas, se especializou em Literatura Infanto-juvenil.

“Árvore Crianceira Dá Frutos a Vida Inteira” é uma contação de histórias que celebra a infância. Seu roteiro é composto por três contos da tradição oral, dos quais dois são de origem de povos indígenas, onde crianças são protagonistas. As histórias “A História do Grande Céu”, “A História do Guaraná” e “Jesuína e a Cabaça” são entremeadas por versos e por interlocuções com os ouvintes, que são convidados a interagir e partilhar as próprias vivências e memórias em torno do ser e experimentar-se criança. A apresentação é uma proposta de visita às infâncias, e é destinada a crianças, adultos e idosos.

A contadora de histórias iniciou seu percurso com as narrativas há sete anos em Recife, Pernambuco. Fez apresentações em feiras literárias, em eventos culturais, em bibliotecas e na Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Em biblioteca escolar, trabalhou com a contação e também mediação de leitura. A partir de 2020, no contexto da pandemia, já na Região, fez apresentações online em suas redes sociais e de organizadores parceiros.

Júlia Soares acredita que o caminho para um mundo de paz entre as pessoas pode ser seguido por meio da valorização da infância, tanto das crianças de hoje, como da criança que cada adulto foi. Por isso, se dedica a pesquisar e a contar histórias que resgatam e colocam em evidência a voz da infância.

Comentários