Prefeito de Campos, presidente da Ompetro, recebe representante do Ministério de Minas e Energia

O prefeito de Campos e presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo da Bacia de Campos (Ompetro), Wladimir Garotinho, recebeu, junto com prefeitos de cidades do Norte e Noroeste Fluminense e Região dos Lagos, o representante do Ministério de Minas e Energia, diretor do Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural, Carlos Agenor Onofre Cabral, que esboçou estimativas otimistas com relação a exploração na camada pré-sal, dependendo agora de apoio do órgão para aprovação de importantes projetos em Brasília, para a licitação e exploração de novos blocos e, consequentemente, resultar no aumento da arrecadação pelos municípios. O encontro aconteceu na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos.

“Os números registrados no ano passado foram bons, mas a expectativa é de que eles alavanquem ainda mais a arrecadação dos municípios e do Estado com o processo licitatório para novos campos de exploração de petróleo, principalmente, na camada pré-sal. Para isso, buscamos esse apoio da Ompetro, no sentido de reforçar projetos que já tramitam em Brasília e que visam beneficiar a todos, aumentando nossa produção. A Bacia de Campos hoje tem um peso enorme quando falamos em camada pré-sal, com possibilidade de responder por até 70% de nossa produção com a operação de novos campos. A receptividade e entendimento com a Ompetro nos leva a visualizar números promissores num futuro bem próximo”, disse Agenor Onofre.

O prefeito Wladimir resumiu o encontro na união dos municípios pelo fortalecimento de todos, com boas expectativas futuras. “Destaco a visita do representante do Ministério de Minas e Energia como um reconhecimento da importância da Ompetro e a força que nossos municípios têm. Um interior unido é um interior fortalecido. Por isso temos que manter essa união e força em prol do desenvolvimento da nossa região”, concluiu.

Antes de apresentar planilhas com números expressivos registrados na exploração do petróleo e gás no último ano, o diretor do Ministério de Minas e Energia apresentou gráficos otimistas para os novos blocos da camada pré-sal, dependendo apenas da tramitação e votação dos projetos, na Câmara dos Deputados, para que sejam licitadas as atividades de exploração na Bacia de Campos, como já ocorre na Bacia de Santos.

Também participaram da reunião, além do prefeito e presidente da entidade, o secretário executivo, Marcelo Neves; prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio; prefeito de Rio das Ostras, Marcelino Borba; vice-prefeito de Bom Jesus do Itabapoana, Otávio Amaral; prefeito de Italva, Léo Pelanca; prefeita de Cardoso Moreira, Geane Vincler; prefeito de Macaé, Welberth Rezende; além do Assessor Especial de Relações Institucionais, Mauro Silva, e representantes das prefeituras de São Francisco de Itabapoana e Quissamã. 

Comentários