Nível do Rio Paraíba chega 10,68 metros e tendência é de continuar baixando

O Rio Paraíba do Sul continua baixando, mas a Defesa Civil permanece em alerta, já que o nível ainda está acima da cota de transbordo de 10,40. Na medição realizada às 18h desta quinta-feira (13), a régua marcava 10,68 metros. Na quarta (12), o Paraíba transbordou e atingiu a cota dos 10,97 metros. A expectativa é que o cenário esteja ainda melhor amanhã (sexta-feira, 14), já que não há previsão de chuva na região da cabeceira do rio. 

“Mas a atenção continua, porque estamos ainda 28 centímetros acima da cota de transbordo e existem pontos críticos, que são as áreas mais baixas, onde ainda temos registro de alagamentos. Todos as medidas foram tomadas para conter as águas, mas a Prefeitura mantém o cuidado redobrado com a população afetada pelas cheias, com cobertura também na parte social e de saúde”, comenta o secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto. 

Três Vendas – Na localidade de Três Vendas, junto à BR 356 (Campos-Itaperuna), a situação também estava normalizada nesta quinta-feira e graças não só as medidas emergenciais implantadas ontem, depois que duas manilhas que passam sob a rodovia romperam, mas também ao trabalho preventivo realizado no final do ano passado na localidade. 

“Ontem, Defesa Civil, Coagro e as Secretarias de Serviços Públicos e de Obras agiram em conjunto, rapidamente, e conseguimos fazer o tamponamento da galeria celular em tempo recorde. Com isso, a água não atingiu nem uma casa da localidade. No entanto, uma ação preventiva, que realizamos em dezembro, foi fundamental para que a comunidade não fosse atingida. Na ocasião, abrimos uma galeria celular à margem de BR 356 para escoar a água das chuvas, acumulada no lado direito da pista. A água foi drenada e isso foi muito positivo, porque a bacia de acumulação voltou ao nível normal e, ontem, quando as águas do Muriaé romperam as manilhas e vazaram sob a rodovia, a água ficou nessa bacia e não chegou às casas”, contou Pascoutto.

Sem famílias isoladas - Na Região do Imbé, a situação também foi normalizada, conforme a Defesa Civil. Famílias que ficaram isoladas em Mocotó, localidade do distrito de Morangaba, já podem utilizar a estrada, que foi alagada com o transbordamento do Rio do Imbé.

Comentários